sexta-feira, 29 de julho de 2011

Conserto de uma Caixa Amplificada - laboratorio


      Ontem precisei ajudar o meu amigo Wemerson, tambem professor daqui da escola, para consertar uma caixa amplificada da área da eletricidade, que por azar, quando foi ligada em 220V, estava com a chave na posição de 110V. Quando abrimos, pedi que comprasse outro transformador, ja que após testar...

TESTE DE TRANSFORMADORES
Com o uso do multimetro digital, colocamos a escala de continuidade (símbolo do diodo) para testar o primário e o secundário do trafo. Ja vou antecipando que na maioria das vezes, na queima de um transformador, o secundário permanece intacto, mostrando continuidade, porem o primário geralmente é queimado quando é ligado de maneira errada, pois, existe um cálculo para o transformador fornecer tensão X na saida, e quando ligamos errado, essa proporção se torna crucial para o surgimento de uma corrente alta na bobina do primário, aquecendo e derretendo o esmalte que protege o condutor da bobina, levando as espiras a uma condição de curto-circuito.
o transformador que estava no equipamento era de 04 fios. Logo tive que mudar a ligação na chave H-H, na substituição, pois o novo transformador adquirido foi um de 03 fios no primário. Continuei com opção de ligação 110V/220V.
Mas quando substitui o transformador, percebi na placa três resistores queimados. A placa é pequena, misturando a parte da fonte, as entradas de áudio e etapas para amplificação. Procurei muito na internet, inclusive num site muito bom: www.eletronica-pt.com. Neste site, existem muitos projetos e esquemas de placas, mas nao encontrei desse modelo que estava consertando. Então com o auxilio de uma lupa, do laboratorio, percebi as cores (dos resistores queimados abaixo - que tirei foto) e eram 02 resistores de 10 ohms, e 01 resistor de 3.300 ohms.

lupa com lampadas do laboratorio. RESISTORES QUEIMADOS retirados da placa.
na hora de montar o equipamento, fui substituir o fusivel, que tambem foi queimado e era de 01 ampere. So encontrei um de 03 amperes e coloquei para teste, mas informei que era necessário comprar um de 01 ampere, para a proteção ser condizente com o circito. Na foto, o fusivel era pequeno e nao fazia contato com as garras que ligam ele, portando deixei sem o plástico, so para testes. O equipamento aparece na foto ao lado.
usei ferro de solda, fita-isolante, ferramentas, multimetro digital, pc com internet, e conhecimentos básicos de eletronica e eletricidade. Como no caso do teste dos transformadores, mudança da ligação de uma chave H-H, etc.

aqui são as bandejas com os resistores que tenho disponiveis no laboratório. Por sorte, foram so 03 resistores, e de valores que tenho disponiveis no laboratorio. Fico devendo esse para o senai. Como um resistor dessa potencia custa em torno de R$0,05 cada, Devo R$0,15 para o laboratório. hehehe, vou cobrar do Sr. Wemerson ou da área da ELETRICIDADE.... ABRAÇO A TODOS.

2 comentários:

  1. Muito boa, sua descrição do conserto! É bom p/ quem procura orientação. -tenho o conhecimento básico de eletrônica e já conseguir consertar vários aparelhos mas alguns tenho dificuldade de consertar por não conhecer à fundo a grandeza que é a eletrônica... Já quis fazer o cursso no SENAI mas não pude por não ter concluído o meu ensino médio... por essas razões eu pressiso de orientação no que vocês poderem me ajudar eu agradesso... Obrigado! Adriano...(adrianosharkdog@hotmail.com).

    ResponderExcluir