quinta-feira, 10 de maio de 2012

Alguns circuitos... PROTEUS

Boa noite pessoal! Estou seguindo com meus estudos no software PROTEUS, e ja passei por algumas dificuldades... Tive a ajuda hoje em alguns detalhes, do aluno da olimpiada, que está treinando também com o programa. Vou listar a seguir algumas das dificuldades que encontrei...       OBS: Nas próximas postagens, capricho em circuitos digitais e com microcontroladores...


CLIQUE EM MAIS INFORMAÇÕES para seguir com os estudos sobre o software...
Certo... Na figura acima, ja quiz mostrar uma coisa bem legal do software... É que ao mesmo tempo que você está simulando o circuito, com todas aquelas informações de multimetros e gráficos em tempo real, você pode dar ZOOM em qualquer parte, durante a simulação. Para quem ja trabalhou com o AUTO-CAD, tem detalhes que você so consegue perceber ou esclarecer com a ajuda dessa ferramenta (Zoom).

Escolhi o circuito de uma fonte regulada e estabilizada com transistor. E me deparei primeiramente com alguns conflitos. Primeiro, que para escolher componentes interativos, ou seja, que ao realizar a simulação no programa, estes mudem de cor (algum tipo de animação ilustrativa no circuito), é  necessário que este tenha uma referência ACTIVE, ao lado do nome do componente, quando você for escolher. Perceba nesta figura (dando um zoom nela) que ao lado do nome do componente e suas referências, tem um texto: animated led model, ou seja, modelo de led para animação em circuito! E outra dica, para os que ainda não sabiam, é que no menu do software (ver figura abaixo):
O usuário pode configurar o menu de animações do software, e marcar as opções de mostrar as tensões do circuito em diferentes cores, assim como o sentido da corrente elétrica. É facil de encontrar, conforme a figura ao lado.


Pois bem. Mas o que aconteceu?
Ao ajustar a frequência do alternador (ALTERNATOR) para 60Hz, o simulador dava erro, com várias mensagens indicando problemas... O que acontece é que ao ativar as animações, com cores e mostrando a posição da corrente, o software entre em conflito, porque ficaria muito rapido para trocar as cores e posição das setas indicativas da corrente no circuito, travando a simulação. Então, TEMOS DUAS OPÇÕES DE SIMULAÇÃO:
A primeira, é a mais DIDÁTICA, para mostrar resultados com cores, teremos que esquecer o osciloscópio, e ajustar a frequência do alternador para 1HZ. Assim, vemos as cores bem lentamente, com troca na posição das correntes e tensões, no circuito que escolhi, que pe um retificador de onda completa com Ci regulador de tensão. Note que na figura acima, as setas que indicam corrente, no menu SYSTEM/SET ANIMATION OPTIONS, foram desligadas, permitindo a visualização com o osciloscopio. Neste caso as medidas nos voltimetros, ficam mostrando uma média (Valor RMS), isto quando a frequencia em 60Hz. Quando a frequencia estiver ajustada em 1Hz, vemos os voltimetros indicarem as alterações bem lentamente.

Escolhi um circuito simples com o temporizador 555, para estudar e tirar minhas duvidas na simulação. Note que o osciloscopio do software, tem uma aparência bem real, ao que usamos no laboratório, com possibilidade de usar ate 04 canais nessa versão do Proteus 7.6.Note tambem, que comparando com o CROCODILLE, que é o software que mais uso para dar aulas e exemplificar circuitos, a posição das conexões do CI TIMER 555, são diferentes. Note na figura abaixo, e compare os pinos 2,6 e 7, que são sucessivamente 2(ON), 6(OFF) E 7(DESCARGA).


E para encerrar,utilizei o CI 4017, que é um contador de década, ou seja, realiza a contagem de 1 a 10, quando recebe pulsos na entrada, ou seja, a cada pulso que recebe no pino 14 (clock), ele troca a saída de posição, alternando a contagem de 1 a 10. Normalmente, usamos o 555 na configuração de multivibrador astável, para fornecer um trem de pulsos ao 4017, como na figura ao lado, para que possamos criar um sequencial de led's, por exemplo. Note que o PROTEUS, tem uma interface bem profissional, mas não é um software tão simples de trabalhar. Note que o mesmo circuito tem uma aparência mais simples quando simulado no CROCODILLE, e essa é a intenção para introduzir o assunto pela primeira vez.


 Na verdade, é MUITO MAIS SIMPLES, de manusear o circuito, ajustar valores, e etc. Mas quando chegarmos em circuitos mais complexos, ai sim utilizaremos os recursos oferecidos pelo PROTEUS....    


 Até os proximos circuitos! Abraços!!

5 comentários:

  1. Caro Gregor,

    Lendo seu texto fica difícil de achar que o Proteus leve alguma desvantagem, acho que tem um visual muito mais apresentável, nada amador e que pode instigar os alunos a irem muito além das nossas explicações, valeu pelo esclarecimento, mesmo sem ter instalado o softwere, deu para ter uma boa noção, parabéns pelo artigo! Micheliny

    ResponderExcluir
  2. Ola Micheliny! Obrigado pelos elogios!
    Estou agora relembrando uns circuitos de eletrônica digital para testar no PROTEUS, porque assim conseguimos fazer essas comparações do que cada programa é capaz de fazer, e qual as dificuldades que podemos encontrar!!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Sou técnico de eletrônica, o Proteus é o melhor...

    ResponderExcluir
  4. Ola amigo!!!
    Você sabe ou mesmo ja tentou simular o funcionamento de um triac em 110 ou 220v no Proteus?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estava tendo dificuldades para testar TRIACs e SCRs no Proteus. Porém diminui a frequência da Vsin(1hz, com recomenda-se acima) os problemas quase que pararam todos. kkk

      Excluir