terça-feira, 7 de agosto de 2012

CHUVEIRO ELÉTRICO - Manutenção!

Boa noite! Já que estamos ultimamente com turmas de Eletricidade Predial, resolvi comentar e alertar quanto ao uso deste equipamento, que oferece conforto ao banho de milhares de pessoas, assim como também necessita de cuidados no uso, instalação e manutenção do mesmo!
CLIQUE EM MAIS INFORMAÇÕES para continuar a postagem...


Muito bem! O que aconteceu foi que, o meu chuveiro elétrico, começou a apresentar um vazamento pela parte superior, justamente por onde existe a conexão elétrica dos condutores que ligam o equipamento à rede elétrica, assim como a troca das ligações da resistência elétrica, permitindo ao usuário, conectar somente uma Resistência, ou 02 resistências em série, conexões e ligações dependendo da marca do chuveiro, resultando num maior ou menor aquecimento da água que circula pelo aparelho.
Então fui verificar o vazamento, que provavelmente ocorreu pelo DIAFRAGMA, peça esta que é empurrada para cima, quando na presença de água no chuveiro, ligando a resistência, somente na hora do banho!
Note na foto, que o chuveiro é o equipamento que mais consome energia elétrica em uma residência, pois tem um valor de potência bastante elevado. É claro, que existem as opções de ajuste, variando entre VERÃO e INVERNO, assim como ajustes com números de 01 a 04 em outros modelos de chuveiros. Traduzindo, nada mais é que a seleção entre uma, ou mais resistências que serão conectadas a tensão da rede! Vale observar que é necessário conhecer a tensão elétrica (DDP) da região que você mora, a exemplo: Aqui em Maceió/Alagoas/Brasil o valor da rede elétrica é de 220 Volts (AC).
Sendo assim, pesquisei o preço de uma nova resistência, e o valor que encontrei foi de R$ 13,50, pois ela vem presa em um disco de plástico, sendo um modelo um pouco mais caro, diante de algumas mais simples e mais baratas. Mas no meu caso, diante do ocorrido, precisei comprar um NOVO CHUVEIRO já que esse vazamento pela parte superior, apresentava risco de CHOQUE ELÉTRICO para o usuário, já que a água estava passando pelas conexões elétricas e descendo pelo corpo do equipamento. Note na foto, mais detalhes do estrago do equipamento.

Nesta foto, detalhes do equipamento. Vale a observação, que a água disponível em minha residência é de poço, e provavelmente o poço está com algum excesso de ferro ou outro mineral, que facilita a oxidação, assim como o entupimento dos furos de saída de água, necessitando uma limpeza em um curto período de 15 dias. Esses, assim como outros fatores, favoreceram para o desgaste do equipamento.
Seguem algumas dicas sobre o USO DO CHUVEIRO ELÉTRICO: - Para a instalação do equipamento, desligue o disjuntor que alimenta o circuito do equipamento;
- Se ainda não tiver ATERRAMENTO, providencie URGENTEMENTE, pois esta medida previne o risco de choque elétrico;
- Não conecte o chuveiro a nenhuma tomada. De acordo com a norma NBR5410, a ligação do chuveiro elétrico é para ser realizada com a emenda dos fios do chuveiro, diretamente com os fios do circuito destinado ao chuveiro, inclusive o condutor do aterramento;
- Não troque a posição INVERNO/VERÃO durante o banho. Para tal mudança, desligue o chuveiro.
- durante o banho, desligue o chuveiro em momentos oportunos. Além de economizar água, também poupará o consumo de energia elétrica, diminuindo sua conta de energia.

Sim, e para encurtar a história, terminei comprando um novo chuveiro, pois o vazamento apresentava risco de choque elétrico durante o banho, e ninguém quer correr esse risco, concordam?


Sim! Estou devendo a postagem de CLP com o software da Yokogawa. Não estou esquecido, mas o software não ficou bem instalado no meu pc (notebook), e na escola, estou com algumas turmas, resultando em pouco para meus estudos.. Mas assim que conseguir concluir a simulação (fotos do passo-a-passo de como fazer, vídeo do funcionamento, etc.) posto aqui no blog!

No vídeo abaixo, que encontrei no YOUTUBE, alguns alunos explicam o funcionamento do chuveiro elétrico. Vale a pena conferir! Boa aula!

Abraço aos amigos!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário